Dr. Guilherme Pontes

Direito, política, segurança pública

21/11/2016

POLICIAIS SALVAM CRIANÇA QUE PASSOU MAL APÓS ACIDENTE DE TRÂNSITO EM SAMAMBAIA

Foto: PMDF/reprodução.

Durante patrulhamento em Samambaia na noite de ontem (20), por volta das 23h, a equipe se deparou com um acidente de trânsito na QR 401, 2ª avenida.
Um  homem solicitou o apoio dos policiais, informando que o seu carro, Fiat Tipo de cor preta, colidiu de frente, dentro de um retorno com uma moto Honda de cor preta.
O condutor da moto estava visivelmente embriagado e não possuía  nenhum tipo de documento público de identificação pessoal e nem de propriedade da moto.
No interior do veiculo se encontrava uma menor de apenas 9 anos. A menor, portadora de necessidades especiais, além de cardiopata e diabética, após a colisão, na frente da guarnição começou a convulsionar e a desmaiar, recuperando os sentidos em segundos após os desmaios.
A equipe solicitou uma prioridade via Ciade para acionamento do Corpo de Bombeiros e Samu. Entretanto, já após alguns minutos de espera, a menor começou a se debater, apresentando dificuldades para respirar, os batimentos cardíacos aceleraram e a mãe da menor, com uso de um aparelho próprio, mediu que a saturação dela estava inferior a 80% e a pressão arterial apenas 7/2.
Assim, temendo que a menor evoluísse a uma possível parada cardíaca e óbito, a guarnição com cautela, se deslocou com ela no interior da viatura ao Hospital Regional de Samambaia. No trajeto, com o uso do aparelho que a mãe portava a equipe monitorava os sinais vitais da menor.
Quando finalmente chegamos no Hospital e a menor foi colocada dentro de um balão de oxigênio e aplicado medicação pelo  socorrista do plantão. Assim foi, também, solicitado apoio a equipe do DETRAN, que com o uso do etilômetro constatou que o condutor da moto estava com índice de alcoolemia de 0,85 mg/l, ou seja, aproximadamente 3 vezes o percentual considerado como crime.
Equipe responsável: GTA Bravo – Sargento Sandra Reis e Soldados R. Soares, Hubner e Ferraz. Fonte: PMDF.



IMPRIMIR - PDF - EMAIL

Página Inicial