HOMEM É CONDENADO A 10 ANOS DE PRISÃO POR TENTAR MATAR MULHER QUE LHE DEVIA

Foto: TJDFT/reprodução.

O Tribunal do Júri do Paranoá condenou Leandro Rosendo de Oliveira a 10 anos e oito meses de detenção, em regime inicial, fechado por tentativa de homicídio qualificado, à emboscada, contra Gessiane Martins de Oliveira (artigo 121, § 2o, inciso IV, c/c o art. 14, inciso II, na forma do art. 29, todos do CP).
O crime aconteceu em dezembro de 2008 e, segundo consta da denúncia, foi motivado por dívida de droga. No dia dos fatos, por volta da 1h, o acusado deu ordem e acompanhou um menor para matar a vítima. A tentativa de homicídio foi cometida, à emboscada, quando a mulher voltava para casa e foi atingida por cinco tiros pelas costas. Testemunhas presenciaram os fatos e reconheceram o acusado como mandante.
Levado a julgamento nessa quarta-feira, 30/11, Leandro foi considerado culpado pelo Conselho de Sentença, que votou positivamente para os quesitos relativos a autoria, materialidade e qualificadora.
O juiz que presidiu o julgamento destacou na sentença: ”Deixo de conceder ao réu o direito de apelar em liberdade. Da análise de sua folha penal tem-se que a prisão justifica-se pela necessidade de resguardo da ordem pública. Com efeito, há registro de condenação definitiva por crime de roubo, porte de arma de fogo e homicídio. Implica concluir-se que, solto, continuará a encontrar os mesmos estímulos para a prática de ilícitos. Demais disso, a periculosidade do acusado revelada pelo emprego de arma de fogo impõe a sua segregação como forma de acautelar o meio social e a própria credibilidade da Justiça, inviabilizando a substituição da prisão por medida cautelar prevista no art. 319 do CPP. Expeça-se, pois, mandado de prisão”.
Ainda cabe recurso da condenação de 1ª Instância. Fonte: TJDFT.


Curta a nossa página e fique por dentro do que acontece na sua cidade!

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.