TENTOU SUBORNAR POLICIAIS MILITARES E ACABOU PRESO POR CORRUPÇÃO ATIVA

Foto: PMDF/internet/reprodução.

A equipe da Rotam Comando Bravo, tenente Reinaldo, sargento Sávio, cabos Da Costa e Pires, patrulhava o Paranoá, na noite de ontem (27), quando por volta das 23h30, ao passar pela quadra 34, conjunto “C”, viu e desconfiou de um homem que estava ao lado de um carro.
Com a aproximação da viatura, o suspeito saiu correndo, mas acabou interceptado e abordado logo a frente. O rapaz, que no momento da abordagem estava com um cigarro de maconha, apresentou um documento de identidade falsificado, mas a equipe identificou o erro e o questionou.
Depois de uma conversa mais franca com os policiais, o rapaz disse o nome certo, sendo constatado que há dois mandados de prisão em aberto contra ele.
Diante da situação, o homem ofereceu uma arma de fogo para a equipe policial na tentativa de ser liberado. Os policiais fingiram aceitar o suborno e foi até o endereço onde a arma estava.
Lá, o proprietário do lote autorizou a entrada no quintal, em um barraco, onde o detido disse estar passando um tempo. A arma, um revólver calibre 38 com três munições intactas, estava em cima de uma cômoda.
O homem recebeu voz de prisão e foi autuado pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo, uso de identidade falsa e corrupção ativa. 
Apoiaram a ocorrência: sargento Mauro Nobre e os soldados Alabarce, Riller e W. Campos. 

Fonte: PMDF.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.