Palavra inabalável: Agaciel não tergiverseia, mesmo após a trairagem palaciana

Foto: internet/reprodução.

Depois de ser traído escandalosamente por Rollemberg na eleição da presidência da mesa diretora da Câmara Legislativa, a reação natural esperada de Agaciel seria ir para a oposição, certo? Errado. Em vez de ir ao plenário votar contra o Judas do cerrado, Agaciel se ausentou, demonstrando, mais uma vez, que pelo menos ele é um homem de palavra. Já Rollemberg...

Mas é isso aí. Cada um dá o que tem, não é mesmo? Não se deve retribuir o mal com o mal. Vale sempre lembrar: Lc 6.29 - Ao que te bate numa face, oferece-lhe igualmente a outra [...]

E tem um povo maldoso na Câmara que ainda tem a coragem de chamar Agaciel de macumbeiro das terras do Sarney no Maranhão. Vai entender.
Fonte: Guilherme Pontes.
P.S.: Rollemberg bem que merecia umas "batidas de tambor".

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.