"Castigo" de Luiz Estevão foi arquitetado pelo Buriti para tentar frear o Metrópoles

Foto: internet/divulgação.

Recentemente foi amplamente divulgado pela mídia governista a notícia de que o ex-senador Luiz Estevão pegou 10 dias de castigo na solitária por acharem comida proibida na cela dele.
O que o Correio e cia. não publicaram foi que a revista na cela do empresário que teria supostamente encontrado objetos gravíssimos e de extrema periculosidade, tais como “cafeteira, cápsulas de café, chocolate, massa importada. etc.”, foi encomendada pelo Buriti em retaliação ao portal Metrópoles por estar “batendo” demais no GDF.
O “flagrante preparado governista” resultou em falta disciplinar e na determinação, pelo Coordenador-Geral da Sesipe, indicado coincidentemente por Rollemberg, do encaminhamento de Luiz Estevão ao Pavilhão Disciplinar, pelo prazo de 10 (dez) dias, período este em que Rollemberg esperava que Estevão manere a mão nas matérias do Metropoles.
É a geração Brasília fazendo história.
Abaixo ilustraremos a preocupação de Luiz Estevão com Rollemberg e seu governo:


Por Guilherme Pontes.
Advogado e professor de direito.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.