Chico Vigilante teria demitido jornalista com câncer do seu gabinete

Chico Vigilante. Foto: internet/reprodução.
O deputado distrital Chico Vigilante, do Partido dos Trabalhadores, foi acusado de ter demitido uma trabalhadora de seu gabinete no momento em que ela mais precisava de ajuda.
Após a jornalista Gisele ter revelado ao deputado Chico Vigilante que teria câncer e apresentado exames laboratoriais comprobatórios, o parlamentar, ainda assim, a teria dispensado, o que fez com que ela perdesse o direito ao plano de saúde e, desempregada, tivesse que custear sozinha, do próprio bolso, todos os gastos com seu tratamento.
O blog tentou sem sucesso contato com o deputado Chico Vigilante para questioná-lo acerca desta acusação gravíssima.
Em sua página no facebook, Chico Vigilante publicou a seguinte nota:
“[...]De minha parte, irei também recorrer à Justiça contra uma ex-funcionária de meu gabinete, recrutada para as atividades criminosas de Celina Leão, que me acusa de tê-la demitida quando estava em tratamento de câncer. É uma mentira deslavada, típica de quem se vende à máfia. [...]”

Fonte: Guilherme Pontes.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.