Trapalhadas hídricas: Rollemberg está brincando de governar

Rodrigo Rollemberg. Foto: internet/divulgação.

Após conseguir a façanha de deixar faltar água pela primeira vez na história de Brasília, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) resolveu fazer algo pelo setor.
Só que em vez de investir recursos do DF na ampliação do setor, ele resolveu ir à esplanada dos ministérios. Segundo Rollemberg não há dinheiro para isto. Mas tem para pagar viagem de Secretário à Las Vegas, voos panorâmicos de secretária, contratar assessor carnavalístico, pagar supersalários para primos, dentre outras prioridades para o atual governo.
Pois bem. Rollemberg visitou o Ministério da Integração em busca de verbas para implementar um projeto de captação de água do Lago Paranoá e, assim, aumentar a capacidade de fornecimento de água à população do DF.
Só tem alguns detalhes: 1. as águas do lago Paranoá têm altos índices de coliformes fecais (fezes humanas). 2. esta obra não irá resolver a crise que se instalou. 3. até ficar pronta e entrar em atividade seu governo já terá acabado. Isto se conseguirem executá-la, o que na atual gestão é um tremendo desafio de tão incompetente que são os quadros comissionados.
Por fim, Rollemberg deveria ter humildade e pedir apoio à bancada federal do DF no Congresso Nacional, em vez levar a tiracolo, seu primo, Maurício Luduvice (o homem do supersalário de R$ 51 mil por mês).
Governador, o povo não é bobo!
Por Dr. Guilherme Pontes.
Advogado e professor de direito.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.