Dr. Guilherme Pontes

Direito, política, segurança pública

29/04/2017

Política e grilagem em Santa Maria: PSD, PRO-DF e a Associação Comercial (VII)

Artur da Cunha Nogueira, tio materno do deputado Cristiano Araújo Nogueira. Foto: internet/reprodução.

O pretendente ao cargo de administrador regional de Santa Maria, Artur da Cunha Nogueira, tio materno do deputado distrital Cristiano Nogueira Araújo (PSD), já exerceu os cargos de chefe de gabinete do Paranoá, administrador do Paranoá, administrador do Riacho Fundo, dentre outros. Sempre indicado por seu sobrinho, Cristiano.
O nepotismo da família Nogueira há muito foi denunciado pela imprensa e investigado pelos órgãos competentes. Nada que tenha desestimulado Cristiano a parar de indicar seus parentes para ocupar cargos comissionados.
No governo passado de Agnelo Queiroz (2011/2014), além de indicar o tio materno Artur Nogueira para o cargo de administrador do Riacho, Cristiano também indicou sua tia materna Maria Laurinda da Cunha Nogueira para o cargo de gerente na administração do Guará e até sua irmã Julieta Rebeca Nogueira Araújo, que trabalhou como assessora especial da Secretaria de Administração Pública.
Artur Nogueira em decorrência das denúncias de nepotismo na imprensa ficou famoso à época e concedeu várias entrevistas. Em uma delas ele afirma na maior “cara de pau” que desconhecia o nepotismo, bem como que não sabia por que sua própria irmã tinha sido nomeada. Assistam ao vídeo:



Já Julieta Nogueira, além do nepotismo, ficou igualmente famosa quando foi presa em flagrante pela PMDF por desacato, desobediência e embriaguez ao volante após bater o carro, na noite de 31/05/15, domingo. Assistam ao vídeo:



Por Dr. Guilherme Pontes.
Advogado e Professor de Direito.



IMPRIMIR - PDF - EMAIL

Página Inicial