Dr. Guilherme Pontes

Direito, política, segurança pública

30/04/2017

Política e grilagem em Santa Maria: PSD, PRO-DF e a Associação Comercial (IX)

Deputado Cristiano Araújo (PSD). Foto: internet/reprodução.

O deputado distrital Cristiano Nogueira Araújo (PSD) de fato é PhD em nepotismo. Desde 2016, inclusive, ele era réu e acabou condenado dia 24/04/17, 2ª feira, em uma ação do Ministério Público por ter nomeado em seu gabinete sua tia materna, Ana Lúcia Pereira de Melo, mulher de Artur Nogueira, que também é réu e foi condenado criminalmente pela Justiça. Veja o vídeo:


Mas Cristiano não se intimida. A nomeação de Artur Nogueira, mesmo contra a vontade do governador, é prova disto. 

Interessante que Cristiano alegou que pediu a exoneração imediata de seu tio quando descobriu sua condenação pela Justiça do DF. Só que a condenação de Artur ocorreu em 01/04/16. Como Cristiano só teria descoberto a condenação de seu tio mais de um ano depois, em 18/04/17, 3ª feira?



Após a passagem relâmpago de Artur pela chefia de gabinete da administração de Santa Maria, Cristiano novamente provou sua compulsão em indicar parentes e, no lugar de Artur, emplacou a nomeação de seu primo, Ubiraci Cunha Nogueira Filho, filho de uma prima de sua mãe, que também já tinha sido indicado por ele para um cargo em seu gabinete em 21/12/12 (CL-05). Veja o ato de nomeação na CLDF abaixo:



A indicação do primo Ubiraci Nogueira (5 dias) pelo menos durou um pouco mais do que a do tio Artur Nogueira (24 horas). A dúvida agora é: quem será o próximo parente que Cristiano Nogueira Araújo indicará para o cargo de chefe de gabinete da administração de Santa Maria?

 Por Dr. Guilherme Pontes.
Advogado e Professor de Direito.





IMPRIMIR - PDF - EMAIL

Página Inicial