19/04/2017

Rollemberg usa Waldir no Paranoá e agora o descarta em favor de Cristiano Araújo (I)

Rodrigo Rollemberg e Waldir Cordeiro. Foto: internet/reprodução.

O administrador do Paranoá Waldir Cordeiro, soldado do PSB-DF enviado de São Sebastião por Rollemberg para apagar o incêndio político instaurado na cidade, era para ser interino e acabou ficando indefinidamente.
Todavia, agora, mudanças se avizinham. O governador que Waldir tanto protege e defende, o jogou para escanteio. A administração do Paranoá foi entregue de bandeja ao deputado Cristiano Araújo (PSD), e o grande cotado para assumir o cardo de administrador é o síndico do Paranoá Parque Sévulo Peixoto, ex-Democratas.

Peixoto já iniciou articulações na cidade e pensa em nomes para compor sua equipe de trabalho, enquanto Waldir se movimenta para não ficar sem espaço nas vésperas da eleição, bem como para conseguir acomodar o seu grupo político que está na iminência de ser exonerado.
Por Dr. Guilherme Pontes.
Advogado e Professor de Direito.


IMPRIMIR - PDF - EMAIL

Página Inicial