Dr. Guilherme Pontes

Direito, política, segurança pública

08/04/2017

Abandonados por Rollemberg, agentes de segurança pública do DF são tomados pelo stress



Circulam nas redes sociais livremente vídeo e texto que publicamos como alerta à população de Brasília para a gravíssima situação pela qual os agentes de segurança pública do DF passam diante do total abandono da área pelo governo Rollemberg. Sem condições de trabalho o stress toma conta dos profissionais e acaba resultando nisso aí. Segue o texto:

"As cenas a seguir expostas, fazem parte de um vídeo gravado dentro de uma delegacia especializada da Polícia Civil do Distrito Federal na manhã do dia 09/03/2017.
Após apreender um arsenal de armas e munições com uma quadrilha na região administrativa do Guará, a equipe da PMDF que acompanhou o procedimento foi tratada desta forma pelo delegado responsável pelo flagrante.
São cenas fortes e que causam repulsa, pois se um policial em serviço é tratado desta forma dentro de uma delegacia, imagina um cidadão angustiado que procura na Polícia Civil uma possível resolução dos seus problemas.
Enquanto os sindicatos da PCDF e a própria instituição trilham um caminho de ataque a diversas instituições como MPDFT, PMDF e outros, a Polícia Militar do Distrito Federal continua a trabalhar e a bater recordes de apreensões de armas e ocorrências.

A pergunta que não quer calar é: “será que não existem bandidos no DF para serem presos pela PCDF???”
Enquanto a instituição que se entitula a mais eficiente e mais preparada do Brasil se desespera com greves seguidas e episódios como este do vídeo, a PMDF adota outra postura.
A denúncia abaixo foi protocolada na Corregedoria da PCDF e encaminhada aos órgãos COMPETENTES para averiguar tal conduta, diferente da outra instrução que insiste em usurpar as funções do Ministério Público Militar e corregedoria da própria PMDF."
Por Guilherme Pontes com informações de fonte desconhecida.
Advogado e professor de direito.



IMPRIMIR - PDF - EMAIL

Página Inicial