Dr. Guilherme Pontes

Direito, política, segurança pública

03/05/2017

Deputados teleguiados do PSB boicotam a Comissão de Saúde a mando do Buriti

Jaime Recena, Luzia de Paula, Rodrigo Rollemberg, Juarezão e Roosevelt Vilela. Foto: internet/reprodução.

A Comissão de Educação, Saúde e Cultura da Câmara Legislativa do Distrito Federal protagonizou no dia de hoje, 3 de maio (4ª feira), um espetáculo ridículo ensaiado e dirigido pelo Palácio do Buriti.
O deputado distrital Juarezão (PSB), relator do projeto que pretende entregar o Hospital de Base de Brasília em uma bandeja de prata nas mãos dos financiadores de campanha, se recusou a apresentar o relatório.
Ele já tinha adiado a entrega do relatório não comparecendo à sessão anterior. Depois, alegou que a comissão tinha estourado o prazo em decorrência do atraso por ele próprio criado ao não comparecer à sessão, e que por isto não poderia apresentar o relatório.


Quando o presidente da comissão, deputado Wasny de Roure (PT) indeferiu a questão de ordem apresentada por Juarezão, ele disse que iria recorrer ao plenário da casa e não apresentaria o relatório. Wasny pediu que Juarezão reconsiderasse sua posição. Juarezão não só não reconsiderou sua decisão, como abandonou a comissão. A deputada Luzia de Paula, também do partido de Rollemberg, o acompanhou e, por falta de quórum, a sessão foi encerrada, sob uma estrondosa vaia de todos os presentes. 
Deputado Juarezão: “Nemo auditur propriam turpitudinem allegans”

Por Dr. Guilherme Pontes.
Advogado e Professor de Direito.




IMPRIMIR - PDF - EMAIL

Página Inicial