Política e Segurança Pública na Capital Federal.

04/06/2017

“Fake Attack”: o anonimato a serviço do crime na web (1)


Após a divulgação da matéria “Caso de polícia: DEAM investiga conduta de advogado do DF em grupo de whatsapp”, sábado, (04/06), Kleber Vinícius, divulgou em vários grupos de Whatsapp uma resposta à matéria publicada por um blog gratuito, desconhecido, anônimo e recém-criado, que, em resumo, afirmava:

- que a advogada citada na matéria não era vítima, mas, sim, uma pessoa doente (juntou “prints” de supostas conversas entre a vítima e o investigado); e

- que eu era um difamador, com vários processos criminais na justiça e que estaria ameaçado de morte por deputados distritais.


Após o ataque do defensor, Naiara Dias, valendo-se do mesmo modus operandi, replicou em grupos de Whatsapp, link para a resposta do investigado publicada no blog anônimo, agora transcrita para o website “Viver Política”.


Ao apurar qual seria a relação entre o advogado investigado (Fernando Rocha), o defensor (Kleber Vinícius), o blog anônimo e Naiara Dias, interessantes fatos vieram à tona, cuja história será contada em capítulos a partir de agora.

Por Dr. Guilherme Pontes.
Advogado e Professor de Direito.




IMPRIMIR - PDF - EMAIL

Página Inicial