Política e Segurança Pública na Capital Federal.

02/09/2017

Trairagem do "caralho" na caserna: coronéis da PM tentaram derrubar o Comandante



Coronéis da PMDF teriam orquestrado um golpe para derrubar o Comandante Geral, Coronel Nunes.

Coronel Nunes - Comandante Geral da PMDF

Eles teriam se aproveitado da polêmica criada em torno de uma música com palavrão cantada por um grupo de 28 policiais recém-formados no curso da Rotam, para tentar desestabilizar politicamente o Comando.
A estratégia teria sido prender toda a turma de formandos da ROTAM e ainda deixá-los sem comida e bebida por horas. Entre os presos estavam inclusive servidores de outros estados e de outras forças, o que gerou mais desgaste institucional.
Ao tomar conhecimento do ocorrido, o Comandante se dirigiu à Corregedoria e ficou do lado dos praças presos.
Apesar da repercussão gerada, o Coronel Nunes deve permanecer no Comando. É o que confirma o Coronel Ribas, Chefe da Casa Militar, em conversa com o SubTenente Hermeto.



ST Hermeto - 1º suplente de deputado

O presidente da ASPRA-DF, João de Deus, manifestou-se contrário à prisão dos policiais.

João de Deus - Presidente da ASPRA-DF

O Sargento Aderivaldo publicou em suas redes sociais uma interessante reflexão sobre o caso:



 uma morte simbólica daquele que bate o sino. Quem nunca viu o filme Tropa de Elite?. Expressões tais como "zumbi", "banzo", "Essa porra mesmo", "caralho", "imagem do cão", "muxiba", "bisonho", "pica voadora", dentre outras, fazem parte do "dialeto miltar" e da cultura organizacional. Sobre o frio da desgraça, quem nunca ouviu falar em flutuação e as suas práticas dentro dos cursos. A árvore do Caralho podem pesquisar. Está ligada a ir pra "casa do caralho" e aos piratas. Caralho é um mastro que usavam nas caravelas antigamente, era o pau maior e os piratas mandavam pular de lá para o mar, parecido com o andar na prancha, neste caso, quer dizer que foi para a casa do Caralho, ou seja, foi para um lugar muito distante, um lugar sem volta. Resumindo, somente repetimos aquilo que alguém nos ensinou. É uma boa hora de revermos nossos conceitos e práticas.


Falsos moralismos a parte, se toda esta armação se confirmar, quem tem que ser preso são os coronéis conspiradores da PM que participaram da tentativa de golpe, traíras do caralho.

Por Dr. Guilherme Pontes.
Advogado e Professor de Direito.




IMPRIMIR - PDF - EMAIL

Página Inicial