• Pré-eleições 2018: Filippelli busca alianças para lançar candidato ao Buriti

    O ex-vice-governador e presidente do PMDB-DF, Nelson Tadeu Filippelli, decidiu abrir mão de sua candidatura ao Buriti. Como já era de se esperar, apesar de não se lançar, fora do jogo político ele não ficaria. Filippelli, então, após estudar detidamente o cenário atual da Capital Federal, deu um tiro certeiro: escolheu o ex-presidente da OAB/DF, Dr. Ibaneis Rocha, para ser o pré-candidato do seu partido, causando enorme alvoroço não só na direita e centro-direita, mas em todo o universo político.

    Ibaneis vinha recentemente sendo atacado por alguns blogueiros nas redes sociais a mando de Alírio que, a todo custo, tentava desacreditar a sua candidatura. Ibaneis respondeu à altura com sua filiação ao PMDB, partido que possui a maior bancada parlamentar brasileira e, sobretudo, o mais invejável tempo de rádio e tv na enxuta campanha de apenas 45 dias.

    Ibaneis é ficha limpa, não tem rabo preso com ninguém, já mostrou o que é capaz de fazer à frente da OAB/DF, não precisa de ninguém para bancar sua campanha e, agora, dispõe da estrutura do maior partido político do Brasil. Entenderam? Está com a faca e o queijo na mão como se diz na minha terra. Se Filippelli fizer o que sabe melhor (costuras políticas precisas constituindo uma forte coalização), Ibaneis estará no segundo turno com chances reais de assumir o Buriti em 2018.